28 de mar de 2010

Terceiro período

Adulto espiritual:

O adulto é tido como experiente, porém às vezes, pode trocar os “pés pelas mãos”. Sua experiência pode levá-lo a achar que não cairá, trazendo-lhe a “falsa ideia de estabilidade espiritual”.
Não digo que não podemos estar estáveis espiritualmente, pois que para isso é só andar no Espírito. Mas quero afirmar que a ideia de estabilidade espiritual torna-se falsa, por pensarmos que não precisamos vigiar em todo tempo, fazendo com isso, que passemos a confiar em nossos próprios esforços, deixando assim de depender integralmente do Espírito Santo. Penso que nesse sentido, não há uma real estabilidade espiritual. Quero fazer-nos lembrar da atitude do rei Davi, ou diria falta de atitude, na qual todos nós estamos sujeitos a cair, senão vigiarmos. Ele deixou de ir à guerra e ficou no palácio. Descansou suas armas. Ele estava ocioso, sem nada para fazer, enquanto passeava no terraço da casa real. Inocente passeio! Antes tivesse na batalha ajudando seus guerreiros. Um rei que deveria estar batalhando mandou outro em seu lugar. Contudo, sua maior batalha estava sendo travada em sua própria mente, quando foi despertada pela beleza de uma mulher.
(2 Samuel 11:1 a 5)

“... cada um é tentado... pela sua própria concupiscência” (Tiago 1.14).

Um comentário:

Igreja em Alerta geoffrey.009@gmail.com disse...

Teste do autor: Este blog será um sucesso para gloria de Deus!!